Categorias

Blog

Saiba tudo sobre a história do ônibus

Publicado em 12/09/2018

 

O transporte público coletivo no país possui os ônibus como o principal meio disponibilizado para a população ser atendida. Transporta, diariamente, milhões de pessoas por todo o Brasil e é fundamental para a locomoção nas áreas urbanas, rurais e entre estados e municípios.
Neste texto, falaremos sobre a história do ônibus, desde sua criação até a evolução para transportar a maior quantidade de pessoas possível e contribuir para atender as necessidades de deslocamentos e de sustentabilidade, nos dias atuais.


História do ônibus: o início


A história do ônibus surge a partir de um conceito inicial: revolucionar a forma como as pessoas seriam transportadas, coletivamente, de um local a outro.
Sua origem ocorre pela necessidade de um proprietário de casas de banhos públicos, na cidade francesa de Nantes, que desejava facilitar o transporte de mais pessoas para as instalações de seus empreendimentos, que ficavam nos arredores da cidade.
Em 1826, disponibiliza um serviço de carroças, autorizado pelas autoridades locais. Fazia-se o percurso entre a cidade e as casas de banhos.
Com grande sucesso, os negócios do empresário mudaram de segmento: migraram das casas de banhos para o transporte em si, que fora idealizado por ele. Fundou, então, em 1828, a primeira empresa de ônibus, a Entreprise Générale des Omnibus, em Paris.
Porém por problemas diversos, a empresa não obteve sucesso. De qualquer modo, o conceito já estava lançado e se consolidou, anos depois, em 1895. Nessa oportunidade, foi lançado o primeiro ônibus movido à combustão, criado pelo empresário Karl Benz.
Aqui no Brasil, o primeiro serviço de transporte de pessoas via ônibus teve início em 1817, na cidade do Rio de Janeiro. De acordo com dados da Revista Ônibus, na época, D. João VI concedeu a Sebastião Fábregas de Suriguê, então sargento-mor da Guarda Real e barbeiro do Rei, a concessão da exploração de duas linhas de transporte de pessoas, as quais faziam o percurso Praça XV Quinta da Boa Vista e Praça XV- Fazenda de Santa Cruz.


A origem da denominação ônibus


A história do ônibus tem um fator interessante que é o relacionado a como foi escolhido este nome.
A palavra ônibus se origina pelo conceito de transporte de “tudo para todos”, que tem origem no latim Omnibus. Ao usar o termo, desejava-se designar o tipo de transporte, que utilizou a decomposição da palavra, com intenção de vincular a uma chapelaria que mantinha o ponto final do serviço, que se chamava Omnes.
Assim, foi uma forma de remeter à lembrança do serviço ao negócio e, de certa forma, fazer o marketing do local.
Em outras versões da história, entretanto, o termo “ônibus” deriva da palavra voiture omnibus, que significa carro para todos.


A evolução do ônibus


A história do ônibus apresenta uma grande quantidade de inovações desde sua origem até os dias atuais.
O ônibus, concebido originalmente, já não tem mais nada a ver com os modernos meios de transporte com essa finalidade. Inclusive, a inovação permanece de forma infinita, com reflexos em conforto, agilidade, economia e sustentabilidade, alterando-se ano a ano.
O primeiro modelo de ônibus foi desenvolvido em 1895 por Carl Benz, com capacidade para oito passageiros, através de veículos Benz com motor de 5 cv.
Em 1905, foi adotado em Berlim o uso de ônibus de dois andares, com 32 lugares totais, para acomodar passageiros sentados.
Em 1910, foi desenvolvido o câmbio hidráulico pela empresa Benz, o que possibilitou ao veículo circular por 12 mil Km sem apresentar qualquer problema de motor, câmbio e pneus.
Por volta de 1920, são lançados:
• motor a diesel;
• freio a ar comprimido;
• chassis com vigas apoiadas sobre o eixo traseiro.
Durante os anos 1930, foi feito investimento nas estradas, o que gerou aumento de velocidade dos veículos, possibilitando competirem, em longos trajetos, com os trens.
Na década de 1950, os projetos começam a contemplar inovações nas carrocerias tipo monobloco. Essa foi outra grande revolução para esse tipo de veículo, uma vez em que lhe proporcionou maior conforto, estabilidade e agilidade, além e reduzir seu peso.


O surgimento de novas tecnologias e combustíveis para ônibus


Novas tecnologias e aprimoramentos estruturais impactaram de forma definitiva a história do ônibus.
Os ônibus passaram a utilizar combustíveis mais sustentáveis, com menos emissão de poluentes, assim como aqueles com uso de eletricidade.
Ao longo dessa evolução, podemos notar, também, o surgimento de produtos que geram maior conforto aos passageiros, tais como carregadores USB, monitores e áudio pessoal.
Na China, já existem estudos em estágio avançado no qual é possível utilizar ônibus que transitam acima dos demais veículos, os TEB – Transit Elevated Bus.
Além disso, estudos para automatização dos ônibus, com identificação de sinalização e módulos de segurança já estão presentes em testes da indústria.


Conclusão sobre história do ônibus


O surgimento do ônibus, bem como sua evolução, gerou maior flexibilidade, rapidez e facilidades aos usuários. Na atualidade, como já citado anteriormente, é o principal meio de transporte coletivo brasileiro.
Navegue em nosso site e conheça mais da linha de produtos para ônibus. Aproveite e deixe um comentário sobre este texto.

Fontes:
http://www.historiadetudo.com/onibus
https://www.mercedes-benz.com.br/institucional/historia/onibus
https://www.listadecuriosidades.com.br/diversos/historia/como-surgiu-o-onibus/
https://fabiohaubert.com.br/onibus/
http://www.transatransporte.com.br
https://www.mercedes-benz.com.br/institucional/historia/onibus

Compartilhe: